Ministra da agricultura é homenageada com selo postal da Expogrande com presença da ABRALEITE

ABRALEITE

Ministra Tereza Cristina recebendo os cumprimentos da ABRALEITE, através do presidente Geraldo Borges e dos conselheiros do Mato Grosso do Sul: Emeline Leonardi, Denilson Souza, Marcelo Real e do associado Reinaldo Moura Leite

Na noite de 4 de abril de 2019 a Acrissul (Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul) homenageou com o selo comemorativo da Expogrande 2019 a produtora rural, engenheira agrônoma, deputada federal e ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento,  Tereza Cristina Corrêa da Costa Dias.

O evento marcou abertura da 81ª Expogrande e foi realizado no tatersal de elite 1 do Parque de Exposições Laucídio Coelho em Campo Grande, cidade natal da ministra, sendo muito prestigiado por muitos produtores e contou com a presença de muitos políticos e lideranças nacionais e do Estado.

A ministra Tereza Cristina ocupou muitos cargos importantes, tendo em sua trajetória ocupado a segunda secretaria da Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul-Famasul, ocupou cargos de diretora em várias gestões da Acrissul.
Em 2006, assumiu o cargo de superintendente do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural-Senar e, no final desse mesmo ano, foi convidada para comandar a Secretaria de Desenvolvimento Agrário, Produção, Indústria, Comércio e Turismo do Governo do Estado Mato Grosso do Sul-Seprotur, ficando no cargo por sete anos.
Deixou o Executivo Estadual para concorrer ao cargo de deputada federal, sendo eleita em 2014, quando passou a ocupar uma cadeira no Congresso Nacional representando o setor produtivo.
Foi presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária-FPA, mais organizada e representativa frente no Congresso Nacional. Como membro titular atuou em importantes comissões na Casa como a de Finanças e Tributação; Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural.
Tereza Cristina recebeu um dos maiores reconhecimentos de seu trabalho como parlamentar, sendo premiada na categoria “Melhores deputados” na 11ª edição do Prêmio Congresso em Foco, veículo especializado na cobertura do Congresso Nacional.
A parlamentar ficou entre os 10 mais bem avaliados parlamentares da Câmara dos Deputados. Também foi reconhecida como a maior defensora do agronegócio brasileiro ao receber o prêmio na categoria “Defesa Agropecuária” na mesma edição.
Nas eleições de 2018 a deputada federal Tereza Cristina foi reeleita para mais uma legislatura na Câmara dos Deputados e foi nomeada ministra da agricultura no atual governo.

A classe produtora de leite e produtores rurais como um todo tem apoiado a ministra Tereza Cristina e o presidente Bolsonaro na expectativa de que atuem de forma positiva com a agropecuária brasileira.

A ministra abraçou a causa da classe produtora de leite e quando era presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária-FPA, procurada pelo presidente da ABRALEITE, assinou projeto de lei idealizado pela ABRALEITE, que visa a proibição da utilização indevida da palavra leite e de palavras que determinam os derivados de leite. Veja no link abaixo o projeto de lei proposto pela ABRALEITE e que tem a Tereza Cristina cono autora na Câmara dos Deputados (PL10556/2018):

http://abraleite.org.br/2018/07/12/proibicao-da-utilizacao-indevida-da-palavra-leite-e-de-palavras-que-determinam-os-derivados-de-leite-por-projeto-de-lei-proposto-pela-abraleite-pl-105562018/

Matéria publicada em 12 de julho de 2018 no site da ABRALEITE.

 

 

Se você ainda não é associado, associe-se já! Acesse nosso site:
http://abraleite.org.br/associe-se-ja/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *