Combate às importações predatórias de Leite em pó. ABRALEITE começou no dia 13 de novembro a movimentar Brasília para combater as importações predatórias de leite em pó do Uruguai

ABRALEITE

Combate às importações predatórias de Leite em pó. ABRALEITE começou no dia 13 de novembro a movimentar Brasília para combater as importações predatórias de leite em pó do Uruguai

 

Vídeo do presidente da Subcomissão de Leite da Câmara dos Deputados, deputado Domingos Sávio, junto com o presidente da da ABRALEITE, Geraldo Borges, no plenário do Congresso, falando sobre ações que serão feitas pela ABRALEITE junto aos parlamentares, contra as importações predatórias de leite em pó.

Audiência do presidente da ABRALEITE com o ministro da agricultura, Blairo Maggi, em 13/11/18, quando dentre os assuntos tratados, houve a solicitação da ABRALEITE para que o ministro atue no sentido de cessarem as importações predatórias de leite no Brasil.

 

Combate às importações predatórias de Leite em pó. ABRALEITE começou no dia 13 de novembro a movimentar Brasília para combater as importações predatórias de leite em pó do Uruguai

Nessa terça-feira dia 13 de novembro de 2018 a ABRALEITE começou a movimentar Brasília, no sentido de combater as importações predatórias de leite do Uruguai, que voltaram acontecer nos últimos dias, conforme informado pela Secex, que divulgou em 07/11 os dados da balança comercial láctea do Brasil para o mês de outubro, evidenciando um movimento de forte alta nas importações.

As importações de Leite em pó equivaleram ao volume total importado de 155,6 milhões de litros, que foi 69% superior ao registrado em setembro, e 115% maior em relação a outubro de 2017.

Já as exportações recuaram 37%, de 14,7 milhões de litros em setembro para 9,3 milhões de outubro. Este movimento trouxe o déficit da balança comercial para o maior nível desde outubro de 2016, em -146 milhões de litros.

O presidente da ABRALEITE, Geraldo Borges, esteve no Congresso onde levou a notícia do problema para o presidente da Subcomissão do Leite da Câmara dos Deputados, deputado Domingos Sávio, que gravou este áudio seguido de outros parlamentares, que também gravaram áudios, como o deputado federal por Santa Catarina, Celso Maldaner.

O presidente da ABRALEITE também esteve com o ministro da Agricultura, Blairo Maggi, levando o problema a esse Ministério pedindo ajuda para que interceda junto ao governo federal e órgãos ligados ao assunto, como o Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços-MDIC.

No mesmo dia o presidente da ABRALEITE esteve com a presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária-FPA, deputada Tereza Cristina (ministra da agricultura recém-nomeada do novo governo) e dentro dos assuntos tratados, pediu ajuda para solução em barrar estas importações predatórias de leite em pó para o nosso país, que há anos acontecem e assolam a cadeia produtiva leiteira nacional.

Algumas ações serão implementadas nos próximos dias. Além de procurar a Casa Civil, deverão ser feitas inclusive audiências públicas na Câmara e no Senado, contando com atuação da Subcomissão de Leite, da Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural-CAPADR e da Frente Parlamentar da Agropecuária-FPA, foram todas acionadas pela ABRALEITE.

Um comentário

  1. José Esequiel Faria disse:

    Boa noite.
    Até que enfim, alguém para nos defender diante de tanta injustiça que esta atividade vem passando nos últimos anos.
    Contamos com pessoas justas e que defende esta atividade tão importante para o nosso país. Onde devemos exportar e não deixar entrar em nosso país.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *